terça-feira, 30 de abril de 2013

Documentário SÍRIUS mistura vida alienígena e energia sustentável


Energia usada para mover OVNIs seria o motivo para governantes e corporações esconderem as evidências da existência de vida inteligente fora da Terra!
(por João Mello -Revista Galileu

A existência de OVNIs é conhecida há milênios, mas vem sendo escondida há apenas um século. É com essa frase que o trailer de Sirius começa. O filme quer mostrar a todos que os ETs existem e que continuar escondendo as evidências dessa existência só vai tornar o planeta Terra ainda mais caótico e insustentável. A ideia por trás do documentário é fazer um link direto entre a vida inteligente fora da Terra e a exploração irracional que o ser humano vem fazendo em seu próprio planeta. Um futuro pacífico para os terráqueos? Só com a ajuda alienígena. 

Pode parecer coisa de maluco – e ainda não há provas de que não seja – mas o argumento faz sentido. “O que as pessoas precisam entender é que o sigilo em torno dos OVNIs e da inteligência extraterrestre não tem nada a ver com ETs. Tem a ver com humanos e o poder das grandes corporações e dos interesses financeiros, que não querem que você saiba a verdade”, afirma Steven Greer, o médico e ufologista, idealizador e fio condutor do filme.

Segundo Greer, esse segredo em torno da vida extraterrestre vem sendo mantido há tanto tempo por uma questão bem objetiva: compreender como os discos voadores se transportam seria a sentença de morte do petróleo, do carvão, das usinas nucleares e de várias outras fontes de energia que mobilizam tantos bilhões de dólares o tempo todo, no mundo todo. Não por acaso, o slogan do filme é: “A questão não é se eles existem ou não. A questão é: como eles estão chegando até aqui?”.

Segue vídeo:


Humanoide do Atacama e seu DNA


Via: Humanoide do Atacama por ETs & ETc...


Assisti ao documentário Sírius, no mesmo dia em que foi lançado e achei muito interessante. Falando especificamente do humanoide apresentado no documentário, um ser de 15 centímetros encontrado no deserto do Atacama no Chile, devo dizer que é muito intrigante.

No documentário é dito que o DNA expõe algo humano, pelo menos da forma que os cientistas olharam para esse DNA, isso fica claro no documentário. 


Sim, porque estes cientistas não encontraram nenhuma mutação, como nanismo por exemplo, que pudesse justificar uma altura de 15 cm para este ser.

Ainda segundo os cientistas esta criatura viveu de 6 a 8 anos, respirando, alimentando, metabolizando e sem viver em um ambiente com cuidados médicos avançados. Não há também na criatura, indícios de doenças que pudessem causar um envelhecimento precoce que viesse a justificar sua idade de 6 a 8 anos. 




O fato do humanoide possuir um crânio desproporcional, 10 pares de costelas, quando humanos possuem 12 pares , deixa o caso ainda mais misterioso, pois não há mutações ligadas a isso.

No documentário fica claro que a resposta para o DNA da criatura não está pronta, no entanto a mídia se apressou em taxar categoricamente que a criatura é humana, mas não explicam as diferenças gritantes existentes entre o humanoide e os humanos.

Agora eu pergunto a vocês, com um DNA tão próximo ao humano, esta criatura pode ser um ET?


Eu sinceramente acho que sim, sabemos que o DNA de um chimpanzé é 99% igual ao de um ser humano, no entanto é outra espécie, a qual possui diferenças físicas, orgânicas e intelectuais muito importantes.

O humanoide em questão parece estar um pouco mais próximo dos humanos que os chimpanzés, mas mesmo assim apresenta grandes diferenças orgânicas, sendo assim pode se caracterizar como uma outra espécie, ou será que você consegue conceber um ser humano de 15 centímetros de altura, crânio grande, órbitas oculares grandes e 10 pares de costelas? Imaginem com qual tamanho esta criatura nasceu. 



Dentro deste contexto, podemos ir mais longe e pensar: Será que a criatura é parecida conosco, ou nós é que somos parecidos com ela? Quem é mais antigo neste universo? Será que nós não fomos criados à sua imagem e semelhança? Será que nós não somos uma mistura de raças, executada por nossos irmãos mais velhos?

Como veem há mais perguntas do que respostas, mas só de sabermos que há uma criatura tão diferente e ao mesmo tempo tão próxima a nós, sendo encontrada no nosso planeta, podemos imaginar o quão rica deve ser a diversidade de vidas espalhadas pelo universo.

Não estamos sozinhos...





PS: Já pensou em um ser de 15cm, pilotando uma nave de 1 metro de diâmetro? É bom pensar, a existência de um ser inteligente com esta estatura está comprovada. Levanto a questão, pois ao saber da existência da criatura, pensei imediatamente: Será que estas sondas, normalmente com cerca de 1 metro de diâmetro, as quais são filmadas no mundo todo, poderiam ser tripuladas por seres como estes? É algo que parece ultrapassar a ficção e que pode, agora, ser perfeitamente natural.

Fonte: Sírius Movie

Mais uma usina nuclear apresenta problemas. O assunto na mídia ainda está em OFF.



A instalação nuclear de San Onofre é "potencialmente catastrófica" por conta de Falhas de design. Dentro deste local a fonte diz ao canal de notícias, que racharam os tubos geradores de vapor da usina, o que pode causar um colapso total ou parcial. Lauren McCauley, escritor

http://www.10news.com e vídeo: Youtube

Um ex-engenheiro de segurança a Usina Nuclear de San Onofre está soando o sinal de que em um "problema potencialmente catastrófico" existe na planta de Southern California Edison (atualmente desligada).

Surfistas pegam ondas nas sombras da usina nuclear de SanOnofre
(Foto:digitizedchaos / Flickr) 

De acordo com um relatório do Channel 10 News San Diego, a fonte, que não quiz se identificar, tem 25 anos de trabalho no campo da segurança nuclear. Ele disse que um redesign defeituoso nos geradores de vapor da usina, colocou o sistema todo em perigo de um "colapso total ou parcial." "Há algo grosseiramente errado", disse ele ao canal de notícias.

Desde que a Mitsubishi Heavy Industries (MHI) realizou um redesign nos geradores em 2010 e 2011, os tubos que transportam água fervente e vapor proveniente do gerador foram batendo um no outro, criando rachaduras e "falhas nas mangueiras... sem precedentes".

Dos 19.400 tubos, um relatório da Comissão Reguladora Nuclear (NRC) encontrou mais de 17 por cento danificados.

Pela primeira vez, uma fonte de dentro da Usina nuclear de San Onofre vem  para avisar quer iniciar a usina é muito perigoso.

"Há algo grosseiramente errado", disse a fonte, um engenheiro de segurança que trabalhou na San Onofre e tem 25 anos no campo nuclear. [...]

Ele quer permanecer no anonimato, porque disse ser do grupo dos 10 e teme por sua segurança.


Enorme objeto triangular é filmado pela Nasa ao lado do Sol em 21 de abril de 2013


Um enorme objeto triangular foi filmado pela sonda da Nasa (Stereo – Lasco C2) em 21 de abril de 2013.




O vídeo pode ser visto com zoom no site HelioViewer, ou também no Youtube. Caso seja removido pesquisem novamente pelo título e confirmem se o site ainda mantém o vídeo disponível.





                                          Imagem ampliada do objeto

Para comprovar que o misterioso objeto não é um planeta, foi confirmada a posição das sondas Stereo no site da Nasa, estas eram as posições das sondas A e B no dia 21 de abril de 2013 às 17:36:



Portanto, se não é um planeta, o que é?
Assunto debatido no fórum godlikeproductions

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Sinal de atividade no Monte Fuji no Japão?


Em 23 de abril de 2013, um grande deslizamento de terra ocorreu subitamente na província de Shizuoka. a 100 km do Monte Fuji, deslizou uma massa com 80 metros de altura e 150 metros de comprimento 

Cerca de 22 pessoas de seis famílias foram orientadas a evacuar a área 2 dias antes do desabamento, pois eles encontraram na terra uma rachadura de 15 centímetros de largura e 150 metros de comprimento.

Em 03/04/2013, o Fukushima Diary informou a morte em massa de peixes no rio Tenryu, nesta cidade. 

Além disso, em 08/04/2013, uma grande fissura na terra foi encontrada em um trajeto da floresta do Monte Fuji.





Vazamento de água radioativa em Fukushima: desastre interminável e perigoso



O vazamento maciço e incontido de Fukushima está derramando mais de 710 milhões becquerels de materiais radioativos na atmosfera.

O acidente nuclear causado pelo tsunami na usina de Fukushima no Japão é o desastre que nunca termina, conforme novos relatórios que indicam uma grande variedade de novos materiais radioativos que estão sendo emitidos na atmosfera.

De acordo com o suite de notícias de Cingapura AsiaOne, a Tokyo Electric Power Co., que é dona da estação de energia multi-nuclear em Fukushima, anunciou que cerca de 120 toneladas de água que tinham sido contaminadas com substâncias radioativas que vazaram de uma armazenagem subterrânea na usina atômica.

De acordo com funcionários da empresa TEPCO, a estimativa é que a água que vazou contém cerca de 710.000 milhões becquerels de substâncias radioativas, tornando-se o maior vazamento de materiais radioativos já ocorrido no planeta.

A descoberta do vazamento levou a empresa a transferir cerca de 13.000 toneladas de água radioativa da questionável área de armazenamento para uma unidade de armazenamento subterrânea vizinha.

Fonte: Natural News

domingo, 28 de abril de 2013

Enorme objeto estranho encima do Planeta Terra em foto da ISS divulgada pela NASA


O objeto gigantesco estranho está numa das fotos tiradas pela ISS... O que seria isso?


O investigador de UFOs cujo codinome no Youtube é Streetcap1, descobriu o que ele chama de enorme objeto tipo encouraçado acima do planeta Terra.


Fonte: http://eol.jsc.nasa.gov/sseop/images/ESC/large/ISS006/ISS006-E-51192.JPG
Via: Um novo Despertar Horizont News

sábado, 27 de abril de 2013

GIRA MONDO, GIRA



Comentário EHPACABA: Hoje, pesquisando as notícias pelo mundo, me deparei com as últimas das explosões em Boston. Quase publiquei uma notícia sobre isso, mas acabei desistindo no ultimo instante. Logo após, encontrei esta matéria publicada no blog "Chega 2012", escrita por Flávio Gomes, que passava exatamente o sentimento que tive em relação a este assunto cabeludo criado pelo governo americano.


Comentário do leitor Eduardo Britto no site do Flavio GomesTerem matado o Lee Oswald – “assassino” de John Kennedy, logo após ser capturado… A cara de pasmo por dois minutos do Bush Filho ao ser avisado das torres gêmeas… Terem atirado o corpo de Bin Laden ao mar após a sua captura… Coisas estranhas, né? 




SÃO PAULO (não ofende) – Faz mais de uma semana das bombas de Boston. Eu não pretendia escrever nada sobre isso, porque esses campos de batalha virtuais têm-se tornado muito mais cansativos e inúteis do que enriquecedores.



Mas... OK, vamos travar mais uma. Porque depois de ver o que a imprensa ocidental chamou de “multidão” na pequena Watertown gritando “USA! USA!” à passagem dos furgões e caveirões da SWAT, dos Hummers do Exército, das Forças Especiais, do Corpo de Paraquedistas e do Esquadrão Anti-Bombas, me vi pensando em algumas coisas.

Qual a grande diferença entre aquela “multidão” e os norte-coreanos que assistem aos desfiles militares em Pyongyang e choram a morte de seus líderes? Entre a “multidão” de Watertown e os muçulmanos que bradam seus fuzis e queimam bandeiras dos EUA quando se esfalfam de júbilo diante de uma embaixada estourada por um carro-bomba?

Eu digo qual é. As camisetas Hollister da “multidão” de Watertown e seus iPhones gravando tudo para logo depois pingarem os vídeos no YouTube. Os iPhones são os fuzis.

Acompanhei o noticiário nos últimos dias quase que exclusivamente pelos canais americanos de notícias. É espantoso como a imprensa de lá (não, não é a imprensa venezuelana) tem seu trabalho controlado pelas autoridades, que empurra suas versões oficiais e não abre sequer a possibilidade de serem feitas algumas perguntas. Ninguém contesta nada. O que as autoridades dizem é a verdade. Ponto.

Pois eu faria várias perguntas. Oito dias depois, ainda as tenho... e não vi nenhuma delas respondida. Posso ter perdido alguma coisa, e se vocês tiverem respostas, digam aí quais são. Mas cuidado com as fontes. Tendo a não acreditar em quase nada que vem de lá. Mas como a torrente de informações e “informações” é permanente, pode ser, sim, que tenha perdido algo crível.

O que ainda não sei, pois:
1. Onde está a tal SUV Mercedes que teria sido roubada pelos garotos da Chechênia? Quem é seu proprietário? Alguém falou com ele? Os meninos disseram ao dono, realmente, que eram os responsáveis pelas bombas? A troco de quê diriam isso? Numa cidade/região monitorada por câmeras a cada esquina, por que não apareceu nenhuma imagem desse carro sendo conduzido pelas ruas em fuga?

2. Os dois garotos, segundo as autoridades, foram perseguidos pela polícia. Houve tiroteio e granadas lançadas. Outras bombas atiradas. Sabemos o contingente que a polícia americana desloca para qualquer ocorrência. Como é que o menino de 19 anos conseguiu fugir ao cerco? A pé? Como assim? Se escondeu onde? Como é possível demorar tanto para encontrar um garoto de 19 anos que estava cercado pela polícia?

3. O que é que os meninos chechenos estavam fazendo no MIT na noite de quinta-feira? Por que é que não fugiram da cidade depois de explodirem as bombas? Terroristas de verdade ficariam batendo perna pela cidade onde cometeram seus atentados por qual motivo? Há alguma explicação para isso? Se você explodisse uma bomba nos EUA ficaria na cidade? Não teria um plano de fuga? Não sumiria? Por que atiraram num policial no campus? Não há imagens desse confronto no campus da universidade, monitorado por câmeras em todos os cantos?

4. Falaram, no início, que os meninos assaltaram uma loja de conveniência. Depois, que não houve assalto algum, e que foram apenas vistos na tal loja num posto de gasolina. O que aconteceu de verdade, afinal? Como é que aquelas imagens surgiram tão rápido, logo depois de serem divulgadas as fotos dos suspeitos?

5. Os meninos moravam, segundo as autoridades, num pequeno apartamento em Cambridge. O que foi encontrado lá? A Globo, domingo, mandou um repórter ao prédio. O cara subiu as escadas e chegou à porta do suposto apartamento. Que estava fechado apenas com um cadeado. Como assim? A residência de dois perigosos terroristas não está isolada, não tem nem um agente na porta, não tem uma fita daquelas onde se lê “crime scene”? Qualquer um vai lá, sobe e dá uma olhada? Ninguém impede?

6. A família chechena foi para os EUA há uns dez anos. Os pais voltaram para a Rússia há um ano, é isso? Assim, do nada? Largaram os meninos lá? E eles viviam de quê? Trabalhavam? Recebiam dinheiro do governo?

7. O Suspeito #1 tinha esposa e filhos. Onde está essa moça? É americana? E os filhos? Alguém falou com ela? Onde vive?

8. No dia das explosões, as autoridades (e a imprensa) informaram que outras bombas foram encontradas e desarmadas. Onde? Quantas? Estavam nas mesmas mochilas? Havia outras mochilas? Eles foram filmados carregando várias mochilas? Há vídeos nos locais dessas supostas bombas que mostram os suspeitos passando por lá? Os meninos passaram a manhã espalhando mochilas pela cidade, é isso?

9. O que aconteceu exatamente na biblioteca JFK? Ninguém mais fala dela? Primeiro, era uma bomba. Depois, não era mais. E então?

10. Acharam o Suspeito #2 escondido dentro de um barco. Rendido e ferido, de acordo com as autoridades. Todo ensanguentado. E o que foi aquele tiroteio todo? Se ele estava tão ferido, como reagiu? Atiraram em quê, afinal? Há perfurações de bala no barco? O menino estava armado com quê? Com tudo aquilo de tiro, como é que ele não morreu? Ficou ferido bem na garganta? Porque assim não consegue falar?

11. Há imagens de um cidadão sendo preso pelado, em plena saúde. No início, tinha sido identificado como o Suspeito #1. Depois disseram que não era ele. Quem era o peladão, afinal? Desapareceu? Era ele o Suspeito #1? Foi preso inteiro e depois morreu? Não está faltando alguma explicação aí?

12. Como morreu o Suspeito #1? As fotos que circulam na internet são reais, do corpo ferido e arrebentado? Ele foi atropelado pelo irmão? Foi baleado? Reagiu aos tiros com quais armas? Tinha granadas e bombas? Onde estão elas? Alguém na vizinhança viu esse embate?

13. Por que ninguém do governo americano se manifestou sobre a cada vez mais documentada presença de agentes da Craft, uma empresa privada de segurança formada por ex-militares e mercenários, na cena das explosões? O que aqueles caras todos estavam fazendo lá? As fotos são falsas? Se são, por que ninguém vem a público para negar sua veracidade?

14. Os garotos chechenos são tratados quase o tempo todo como “suspeitos”. Se são suspeitos, é porque não existe certeza de que cometeram os atentados. Certo? Mas no dia da prisão do segundo menino, o presidente dos EUA e as autoridades policiais afirmaram em cadeia nacional que “acabou” e que a população de Boston e arredores podia dormir tranquila. “Pegamos eles.” Se acabou, é porque as autoridades não consideram a hipótese de terem sido outros os autores dos atentados, concordam? Sendo assim, eles não são suspeitos. São culpados. Culpados sem uma investigação? De onde vem a certeza de que os suspeitos não são suspeitos, mas sim os culpados? Do fato de que foram fotografados carregando mochilas? Todos que carregavam mochilas em Boston naquele feriado, assim, deveriam ser suspeitos, não?

15. Em quais condições o Suspeito #2 foi preso, realmente? Como foi ferido? Se está em estado grave, como é que consegue responder “por escrito” às perguntas do FBI? Quem está acompanhando esses interrogatórios? Qual certeza se tem de que o menino está de fato respondendo alguma coisa? Alguém vai ter acesso a essas respostas “por escrito”? Alguém vai ter acesso a esse rapaz um dia? Ele vai poder falar sem ser aos interrogadores do FBI? Cadê a liberdade de imprensa, com tanta coisa escondida pelas autoridades?

Como não tenho resposta para pergunta nenhuma, tudo que posso dizer é que é tudo muito esquisito. Um dos casos mais esquisitos de todos os tempos, e não sou só eu quem pensa assim. Em termos menos, digamos, eloquentes, o colunista Clóvis Rossi levanta algumas questões na “Folha” de hoje, também.

Só sei que depois de Boston ninguém mais fala das ameaças de guerra nuclear que a Coreia do Norte estaria preparando para dar cabo ao planeta. E surge não se sabe bem de onde a notícia de que os generosos americanos estão dispostos a mandar alimentos para os famélicos norte-coreanos — que, sabe-se lá por quê, são considerados famélicos pelo Ocidente; mas, até onde se sabe, não estão pedindo comida para ninguém. E o Congresso americano começa a ser pressionado pela mídia conservadora para mexer nas leis de imigração.

É um mundo muito esquisito, o nosso. A única certeza é que ele gira.


Sistema de Nibiru começa a dar as caras!



Astrônomos rejeitam a ideia da existência de Nibiru, e fizeram todos os esforços para informar ao público de que não há nenhuma ameaça para a Terra.

Eles apontam que tal objeto tão perto da Terra, seria facilmente visível a olho nu. Um planeta como Nibiru iria criar efeitos visíveis nas órbitas dos planetas exteriores.

Alguns, contra isso no entanto,  afirmam que o objeto esteve escondido atrás do Sol por vários anos, embora isso seria geometricamente impossível.

Então o que é isso? NASA... por favor desenhe pra nós!

Veja vídeos abaixo:


Fonte: Vídeos Youtube e compilations Before It's News

quinta-feira, 25 de abril de 2013

A multa milionária na rede de fast food McDonald’s e o silêncio da mídia brasileira.

Punição dada à rede McDonald’s deverá incentivar o debate sobre os abusos da publicidade infantil no Brasil. A multa ultrapassa os R$ 3 milhões.


A Fundação Procon de São Paulo decidiu manter a multa de R$ 3.192.300,00 dada à rede McDonald’s pela venda de lanches com brinquedos e pela publicidade voltada ao público infantil.

O órgão se baseou no Código de Defesa do Consumidor para punir a poderosa multinacional estadunidense. “Muitas vezes, por meio de brindes relacionados a personagens do mundo infantil, as empresas induzem o consumo, o que caracteriza uma relação abusiva, pois o público infantil é considerado hipervulnerável e ainda está em desenvolvimento de sua posição crítica”, explica a assessora técnica do Procon-SP, Andréa Benedetto.

O processo contra a Arcos Dourados Comércio de Alimentos, empresa que opera a rede de restaurantes fraqueados do McDonald’s no Brasil, foi aberto em 2011 a partir das denúncias feitas pelo Instituto Alana. A empresa utilizou inúmeros expedientes jurídicos para evitar a multa, mas ela foi aprovada pelo Procon e publicada no Diário Oficial de São de Paulo no início de abril.

“O Procon age no mercado buscando equilíbrio. Quando se trata de um publico considerado hipervulnerável, como acontece com crianças, idosos e deficientes, deve haver um cuidado maior”, conclui Andréa Benedetto.



Atenção: Fortes explosões relatadas próximo ao porto de Alabama, nos EUA - Parece que os Americanos estão começando a proclamada guerra interna no país!


2 Explosões em barca de gás natural deixa feridos segundo a RT, Fox 10 News e Repórteres e fontes do Sempre Guerra via Twitter.- Há relatos de 3 feridos.


Atualização: Terceira Explosão relatada no local!


O vereador de Mobile, Alabama, William Carroll, em cena, diz que as explosões (da carga) de gás natural foi provocada por carga estática. (?)

Via: Sempre Guerra

terça-feira, 23 de abril de 2013

IMPRENSA ITALIANA FALA ABERTAMENTE SOBRE NIBIRU E SEGUNDO SOL.- ATUALIZADO VÍDEOS




Em meio a tantos eventos ocorrendo recentemente, explosão em Boston, no Texas, cartas com agentes químicos, pacotes suspeitos em aeroportos, etc etc, quase que esquecemos que muita coisa tem acontecido devido ao fato de que eles sabem que algo lá em cima está chegando perto, e então precisam de todo controle aqui na terra, de um exército mundial quem sabe para combater uma "ameaça extraterrestre" (o que não acredito).

O Canal de tv italiano, mostra uma reportagem sobre Nibiru ( Planeta X), esse mesmo que até os membros do Vaticano (por possuírem um belíssimo observatório espacial), já sabem da existência do tal planeta, que até então pra muitos ainda é um mito.

Vejam o vídeo.
Publicado em 17/04/2013
Bem debaixo dos nossos olhos e eles NEGADO SUA PRESENÇA POR MUITO TEMPO, CIDADE DO VATICANO estão monitorando IT!




 

BOSTON: BOMBARDEIO DESVIA A ATENÇÃO DE CRIMES DE GUERRA DE BUSH E OBAMA, DIZ ALEX JONES - ATUALIZADO



Um analista diz que o bombardeio Boston foi uma falsa bandeira e os poderes dos Estados Unidos tê-lo usado para esconder o veredicto criminoso de Obama.

No fundo, esta uma bomba que explodiu nos Estados Unidos na maratona de Boston matando três e ferindo mais de 170 pessoas. Dois suspeitos chamaram a atenção da mídia. Um foi morto pela polícia em um tiroteio. O segundo fugiu e foi perseguido e agora encontra-se em estado crítico no hospital, incapaz de falar (que coisa do destino).

Os pais de um dos suspeitos do bombardeio de Boston, em entrevista negaram o papel de seu filho na explosão e a mãe diz que seus filhos foram criados pelo serviço secreto dos EUA.

A Press TV entrevistou Alex Jones de "InfoWars.com", em Austin sobre o assunto . O que se segue é uma transcrição aproximada da entrevista.

Press TV: Conte-nos a sua opinião sobre esta situação. Parece que temos tanta informação que sai e contradições. Qual a sua opinião sobre a situação e o que os pais dos jovens disseram?

Jones: Se você já estudou as operações de inteligência no passado e já viu como os governos ocidentais têm feito isso em outra época, este é um clássico de falsa bandeira, uma ferida auto-infligida clássica, um evento encenado.

Se você olhar para o atentado de Oklahoma City em 1995, que foi claramente encenado, nós o investigamos profundamente. 

Eles tinham um monte de diferentes bodes expiatórios e os grupos que acreditaram estar participando de um treinamento. Nós sabemos que houve um furo na segurança da Maratona em Boston e, no final havia pessoal do Departamento de Defesa e empreiteiros que pululam por aí, todos com mochilas pretas de modo que no caso de a polícia viu algo suspeito, a explosão não seria interrompida.

Eu previ que, se uma vez eles mostrarem os bodes expiatórios "eles iriam ambos... acabar mortos - e agora o 2º bode expiatório... dizem que está em estado crítico. 

É difícil saber o que realmente aconteceu, mas quando você estudá-la, acaba por entender a realidade.

Press TV: Estamos no meio do noticiário, mas o que poderia ser as possíveis razões que o governo dos EUA teria para querer fazer uma operação de bandeira falsa assim com esta?

Jones: Eles querem um desvio do foco político do Comitê do Congresso que analisa os que governaram o país, analisam se George W. Bush e Barack Obama são culpados de crimes de guerra e traição encomendando tortura contínua em campos de tortura em todo o mundo. Até mesmo o New York Times se torna uma mídia com um desvio político e permite que o estado de segurança configure os checkpoint's confirmando um tipo de lei marcial suave em todo o país. 

Esta tem todas as características de uma operação clandestina e temos as fotos, centenas delas e também os vídeos do lugar onde a bomba explodiu e, em seguida, estas pessoas do governo se retiram dos locais, cerca de um minuto antes das bombas explodirem.

O FBI tem uma longa história de provocação de pessoas para sair e realizar ataques e também de escolher estas pessoas.

Press TV: Você acha que isso é possível... que vamos realmente conhecer a verdade - porque sabemos sobre várias operações de falsa bandeira que você mencionou antes - Você acha que isso é algo que vai realmente sair, que o americano médio nos Estados Unidos vai perceber ou entender que é uma operação de falsa bandeira?

Jones: Sim. A maioria dos americanos com quem eu falo já entendeu, eles tem todos os sinais de um evento encenado. 

O problema é que as estruturas de poder tem o controle para que ninguém será levado à justiça. Eles vão usar isso para abolir as leis constitucionais; estão manipulando as redes sociais e Internet em geral.

Então, eles estão usando isso para uma série de razões.

Também esta senso usado para assumir que na cidade de Boston isso nunca antes aconteceu antes, podendo bloquear os cidadãos sob a lei marcial - isso é tudo sobre a tomada do poder de polícia do Estado e o governo encenando falsas bandeiras de Hitler até Clinton.

Vejam o vídeo da entrevista de Alex Jones a PressTV no link:


Nota: Amigos, vejam o vídeo abaixo, existia um "batalhão" de homens do governo no local em atitudes "estranhas" pra não dizer suspeitas.

 

Um novo 11 de setembro está se fazendo, só não vê quem não quer.

AS FOTOS ANTES DO ATENTADO DE BOSTON QUE NÃO VIMOS DIVULGADAS PELA MÍDIA! PORQUE SERA?

Nibiru filmado na Nova Zelândia?

Neste vídeo feito na Nova Zelandia, aparece um objeto no céu que se parece com um planeta, aproximando no zoom vemos o que?  Seria Nibiru?




Fonte: Youtube

True Outspeak - Olavo de Carvalho - 22 de abril de 2013.

Após a introdução, as fichas foram caindo e as peças se encaixando. Agradecemos a mais uma aula ímpar do Professor Olavo de Carvalho.


Fonte: Canal MSM http://www.youtube.com/watch?v=gsgELzoqO6w&list=UUs7SSwJrkcmZp9R2N92ssCw&index=1

A prova de que HAARP existe - As imagens do Satélite mostram a Manipulação do Tempo!!!




Imagens transmitidas 26 março de 2013 por um satélite da NASA mostram uma enorme características em serpentina de uma onda espiral que parece ser emitida das Ilhas Príncipe Edward, no Oceano Índico, exatamente a partir da estação meteorológica de Marion Island.

A estação meteorológica na ilha de Marion.

Tirada esta imagem da NASA TV onde você vê a onda HAARP partindo da estação meteorológica de Marion Island.

A Ilha Marion é a maior de duas ilhas (Príncipe Edwards Island) e está localizado a uma latitude de 46 ° 54 'S e longitude 37 ° 5' E. Tem uma extensão aproximada de 19 km e uma largura de 12 km, cobrindo uma área de 290 quilômetros quadrados e uma costa de cerca de 72 km, a maioria dos quais são abrangidos por altas falésias e inacessível.

O ponto mais alto da ilha é o Estado Presidente Marion Peak Swart, que chega a 1.230 m acima do nível do mar.

The Prince Edward Island é muito menor (apenas cerca de 45 km ²) e está localizado a cerca de 12 milhas náuticas (19 quilômetros) de nordeste.


As duas ilhas estão localizadas a cerca de 955 milhas náuticas (1,770 km) a sudeste de Port Elizabeth (África do Sul). As ilhas estão na faixa de contato da corrente quente e úmida da Africa, ciclicamente para o sul, onde eles colidem com a corrente muito fria da Antártida, produzindo distúrbios constantes.

Finalmente temos a evidência e surpreendente que o HAARP existe e há uma manipulação do tempo em curso!

Assista ao vídeo.

Redação Segnidalcielo

Veja o Vídeo Abaixo:



Fonte:DAHBOO77 http://ufosonline.blogspot.com.br/

sábado, 20 de abril de 2013

A música de hoje trabalha para o lado negro da força!


Isso não é um protesto contra o heavy metal “do demo” ou o sertanejo. A frase do título acima serve para praticamente todas as músicas que ouvimos atualmente. 

Até um Mozart ou um Verdi.

Hoje, praticamente todos os instrumentos e todas as músicas que escutamos estão afinadas na frequência 440 Hz (vibrações por segundo – afinal, som é uma vibração).

Mas não foi sempre assim. Na época de Mozart, Verdi e todos os outros compositores até o início do século XX, a frequência usada para afinação na música era de 432 Hz. Era uma frequência perfeita, harmônica, já que é a mesma frequência do universo.


A frequência 432 Hz utiliza a fórmula Pi, conhecida como regra de ouro. É capaz de reproduzir de forma natural a “espiral musical pitagórica”. É a sequência seguida por toda forma de vida. Está em ressonância com cada célula de nosso corpo.

É a frequência dos batimentos cardíacos. Estimula a produção de serotonina e o lado direito do cérebro. Essa é a frequência de afinação dos violinos Stradivarius que, não por acaso, soam muito melhor do que os violinos convencionais e está de acordo com padrões matemáticos perfeitos. Por exemplo: como convenção, utiliza-se o Lá como base de afinação, sendo que a afinação das outras notas são uma consequência. Nessa afinação, a frequência do Dó, nas diferentes oitavas, segue uma progressão da potência de 2:

128 Hz = 27256 Hz = 28512 Hz = 29

Então, por estar de acordo com o universo e suas leis, a frequência 432 Hz inspira paz, lógica, harmonia, perfeição e universalidade.

Em 1939, houve um decreto na Europa para mudar a afinação de 432 Hz para 440 Hz. Uma frequência dissonante com o universo. Que, por isso, pode gerar os efeitos contrários à afinação 432 Hz: distorções, inadequação, podendo inspirar caos social, estresse e até guerras.

E adivinha quem proclamou essa mudança? Joseph Goebbels, o ministro da propaganda nazista, durante o período de ascensão do nazismo, para causar vulnerabilidade e caos na Alemanha.

Anos depois, em 1953, o decreto de Goebbels foi aprovado pelo ISO (Organização Internacional de Padronização), e passou a servir para todo o mundo, dominando os instrumentos, as orquestras e a indústria fonográfica. Então, hoje, quando você escuta um Mozart, ou um Bach, está escutando em uma frequência diferente daquela em que foi escrita.

Dá para ter uma noção da diferença das frequências no vídeo abaixo. A música tocada na versão 432 Hz parece muito mais harmônica e perfeita. Já a mesma música tocada em 440Hz gera uma certa aflição.



Aqui, você consegue baixar um editor para converter suas músicas para 432 Hz.

Hoje em dia, há diversos músicos e institutos lançando movimentos para se voltar ao padrão de afinação de 432 Hz. Então, na próxima vez em que o U2 quiser lançar uma música pela paz, é bom começar compondo na frequência 432 Hz.

Curiosidade: a mudança de 432 Hz para 440 Hz reflete um aumento de 1,776% na frequência. 1776 foi o ano da criação dos Illuminati, na Baviera. Mas essa já é outra história.

Navy SEALs registrados pelas cameras em Boston durante a Maratona, usando mochilas suspeitas?



Será que os culpados são mesmo estes que apresentaram ao mundo?


Infowars.com
17 de abril de 2013


Detetives Internet savvy ter encontrado imagens tiradas a partir de câmeras de vigilância de membros da multidão reunida na Maratona de Boston que aparecem para identificar os Navy SEALs.

Para efeito de comparação, abaixo estão algumas fotos do Navy SEAL Chris Kyle. Observe o logotipo do crânio em seu boné de beisebol, as calças e as botas:






Agora olhe para os indivíduos flagrado usando mochilas, um boné semelhante e calças semelhantes (e botas) na maratona de Boston:




Um vídeo no Youtube também capturou um membro vestindo trajes semelhantes caminhada ao redor da maratona depois da explosão com algo que se parece com um detonador, mas na verdade pode ser um detector de radiação .



A razão pela qual isso é importante é porque o comissário de polícia de Boston está no registro afirmando que eles "não tinham inteligência específica" que havia um buraco na segurança, enquanto isso o treinador e participante da maratona Alastair Stevenson, declarou publicamente que não haviam anúncios dizendo às pessoas para ficarem calmas e não se assuste porque a segurança reforçada, faz parte de um "exercício de treinamento".

Se a polícia estava ciente de uma ameaça percebida, não faria mais sentido estar anunciando uma ordem de evacuação, em vez de dizer a todos para manterem a calma?




Fonte: Infowars.com

Terremoto de 6,6 graus deixa centenas de mortos e feridos na China




Um terremoto de 6,6 graus de magnitude atingiu neste sábado o sudoeste da China deixando centenas de mortos e feridos, anunciaram as autoridades locais.

"O tremor em Ya'an, distrito de Lushan, causou centenas de mortos ou feridos", informou a agência sismológica da província de Sichuan em seu site.

A agência Nova China revelou que 2 mil militares foram enviados para reforçar os socorristas que trabalham na região.

As primeiras fotos da catástrofe mostram pequenos prédios que desabaram e muitos escombros nas ruas.

Os prédios nas zonas rurais da China são construídos, geralmente, com material de baixa qualidade e ignorando as normas anti-sísmicas.

O abalo sísmico ocorreu às 8h02 (21h02 de Brasília) e seu epicentro foi situado a 51 quilômetros de Lingqiong, segundo o US Geological Survey (USGS).

A Nova China divulgou que o terremoto foi sentido na capital da província, Chengdu, 114 quilômetros ao leste do epicentro.

Citando o China Earthquake Networks Centre, a agência anunciou um terremoto de magnitude 7,0, a uma profundidade de 13 quilômetros.

Em 2008, Sichuan viveu um dos piores terremotos já registrados na China e que deixou 87 mil mortos ou desaparecidos.




quinta-feira, 18 de abril de 2013

Cientistas siberianos criaram "pele líquida"



Stanislav Kalyakin

Na Rússia, os médicos aprenderam a curar feridas e queimaduras sem deixar cicatrizes. Cientistas da cidade siberiana de Tyumen desenvolveram uma substância, cuja denominação oficial é Cellgel, um fármaco que já é chamado de “pele líquida”.

É um gel milagroso capaz de curar feridas na superfície do corpo humano três vezes mais rápido do que qualquer dos remédios conhecidos até hoje. O fármaco foi elaborado à base de células-tronco. Os especialistas testaram-no em distintos animais durante mais de 14 anos.

O doador do princípio ativo do medicamento destinado a seres humanos é a galinha comum. Os cientistas de Tyumen criaram oCellgel à base de células-tronco do embrião de galinha, relata o diretor-geral do Tyumen Criocentr, Serguei Goltsov:

“Nós separamos as células imaturas do ovo de galinha, dividimo-las e começamos a observar como flutuavam livremente em estado líquido. Estudamos como reagiam a essas ou aquelas influências. Por fim, verificamos que são capazes de renovar as células da epiderme humana.”

O fármaco desinfeta a ferida, cobrindo-a com uma biopelícula que ajuda o organismo a regenerar o tecido. No decorrer do processo, formam-se não só células do tecido conjuntivo, mas surge também uma nova camada epitelial.


As experiências mostraram que o Cellgel permite livrar os seres humanos de dezenas de doenças, feridas (incluindo as feridas graves devido ao diabetes), úlceras e queimaduras – estas são apenas algumas das inúmeras lesões que podem ser tratadas com o preparado inovador desenvolvido pelos cientistas de Tyumen.

Implementando o novo gel, os médicos conseguiram regenerar, a nível molecular, a pele afetada por radiação e a pele alterada por diabetes. A propriedade dermoprotetora do gel permite utilizá-lo também na área cosmética, por exemplo, após uma esfoliação química.

Preparados análogos ao novo fármaco já existiam antes, no entanto, eram geralmente cremes com uma desvantagem importante: bloqueiam o acesso do ar à ferida. Além disso, em muitos casos, após a recuperação com estes cremes, na pele ficavam cicatrizes. Depois do tratamento com o Cellgel, não há cicatrizes. Um outro aspecto muito importante é o fato de os cientistas não terem, por enquanto, detectado quaisquer efeitos adversos.

Fonte: A Voz da Rússia

GAROTO DE 9 ANOS FALANDO SOBRE A VIDA E O UNIVERSO


Nem 10% da população mundial tem um entendimento 'teórico' da vida e do universo dessa forma. A grande maioria das pessoas não tem nenhuma opinião formada sobre essas questões... como o sentido da vida.

O Menino diz: "O sentido da sua vida é que você faz dela." 

Ouvir isso de uma criança é no mínimo dar os parabéns.


Fonte: Youtube

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Fim do mundo pode envolver os quatro elementos da natureza, segundo os cientistas Russos



Olga Sobolevskaya



© Flickr.com/StormPetrel1/cc-by-nc


O planeta Terra está ameaçado por um apocalipse cósmico que envolverá todos os elementos naturais existentes: a água, o ar, a terra e o fogo, afirmam os professores catedráticos da Universidade federal do Extremo Oriente, Alexander Panichev e Alexander Gulkov.

A nova versão do Fim do Mundo que se adivinha não deixa alguma hipótese de sobrevivência. Tal visão de acontecimentos e dos fundamentos da criação do Universo foi exposta no livro intitulado "O Absoluto e o Homem".

Os cientistas do Extremo Oriente têm estudado as provas geológicas de três calamidades naturais: o dilúvio, a era do gelo e a extinção dos dinossauros no período Cretáceo-Paleogeno. Pelo visto, todos estes cataclismos tiveram um cenário idêntico. O seu início coincidia com um processo global de curta duração que "abalava" a biosfera, levado à extinção em massa de várias espécies.

Tentando responder à pergunta sobre as origens destes acontecimentos, os dois professores catedráticos evocam um efeito pouco conhecido, descoberto em 1985 pelo cosmonauta soviético, Vladimir Djanibekov. É que, permanecendo no espaço cósmico em condições de imponderabilidade, os corpos efetuam reviravoltas do eixo de rotação em 180º.


Daí a suposição de que o efeito Djanibekov possa explicar causas de calamidades diversas ocorridas na Terra a qual, porventura, tivesse dado tais "cambalhotas" na imponderabilidade. No decurso de tais viragens, o nosso planeta podia mudar a direção da rotação do eixo. Se agora está girando à esquerda em torno do eixo, então após um "culbute" desses, pode começar a girar à direita. A teoria de inversão do eixo explica ainda a razão pela qual uma parte de planetas do Sistema Solar gira no sentido inverso em relação à Terra. Neste caso, as viragens com o nosso planeta se dessincronizaram.

Os efeitos da "inversão do eixo" da Terra se assemelham ao Fim do Mundo, ressaltam Panichev e Gulkov. As zonas florestais serão levantadas literalmente para o ar, percorrendo as distâncias enormes e caindo depois em depressões. Ao cabo de milhões de anos, essas baixadas e os barrancos serão transformados em jazidas de carvão. Após a perturbação, uma gigantesca onda similar ao Tsunami passará pelo globo, causando enchentes de grandes proporções semelhantes ao Dilúvio bíblico. Em virtude disso, irão se conservar e sobreviver apenas as regiões montanhosas.


Depois da "cambalhota", a Terra sofrerá tremores acompanhados pelo fogo e pela lava, resultantes de erupções vulcânicas. As cinzas lançadas para a estratosfera cobrirão o planeta, provocando o eclipse. Assim, a Terra entrará na nova Era do Gelo e a maioria esmagadora de organismos vivos será condenada à morte.


Cabe notar existirem múltiplas provas de acontecimentos que já ocorreram conforme tal cenário, prosseguem dizendo os cientistas. Uma delas são as passagens bruscas de sedimentos marítimos para os continentais. As erupções vulcânicas podiam ter dado origem aos platôs de basalto que se formaram em épocas remotas, indicadas também pelos cientistas, autores da hipótese. Os enormes cemitérios de dinossauros, com milhares de filas de restos mortais, não teriam sido a conseqüência do tsunami demolidor?

Não restam dúvidas de que tais cenários podem voltar a ocorrer, apontam os cientistas russos citados. Mas quando? Segundo calcularam, os cataclismos planetários têm ocorrido com os intervalos de 23-30 milhões de anos. O último se deu há cerca de 25 milhões de anos.

Deste modo, supõem os peritos Panichev e Gulkov, a Terra está prestes a dar mais uma cambalhota a qualquer momento.

Fonte: Voz da Rússia